Knowledge Base: Mastersiga Consultoria


Informando a chave do CT-e na digitação do Documento de Frete ou na importação do EDI e XML no SIGAGFE

Dúvida
Como informar a chave do CT-e na digitação do documento de frete ou na importação do EDI e XML no SIGAGFE?

Ambiente
TOTVS Logística - TOTVS Frete Embarcador (Linha Protheus) - Gestão de Frete Embarcador (SIGAGFE) - Todas as Versões

Solução
Para as transportadoras que não emitem mais o CTRC – Conhecimento de Transporte Rodoviário de Carga e emitem o CT-e – Conhecimento de Transporte Eletrônico as mesmas deverão receber configuração diferenciada dentro do SIGAGFE - Gestão de Frete Embarcador.

Configurações necessárias

  1. No SIGAGFE no programa GFEA015 - Emitentes de Transporte na aba Transportador deve estar configurado o campo Emite CT-e com a opção 1-Sim.
  2. No programa GFEA017 - Cadastro Espécie deve ser configurada a espécie com o imposto de ICMS - Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, indicando se a chave do CT-e deve ser   preenchida. Para isso deve ser informando o campo Chave CT-e nesse programa.
  • Digitação manual

Quando o Documento de Frete estiver sendo implantado de forma manual o SIGAGFE monta a base da chave do CT-e automaticamente, é necessário informar apenas o número da sequência do CT-e e o dígito verificador. Conforme detalhamento abaixo a respeito da chave do CT-e.

A Chave de Acesso do CT-e é representada por uma sequência de 44 caracteres numéricos, representados da seguinte forma:

Nome do CódigoDescrição do Nome e Tamanho do Código
Código da UFCódigo da UF do emitente do Documento Fiscal
Tamanho 2 caracteres
Ano e Mês de Emissão - AAMMAno e Mês de emissão do CT-e
Tamanho 4 caracteres
CNPJCNPJ do emitente
Tamanho 14 caracteres
ModeloModelo do Documento Fiscal
Tamanho 2 caracteres
SérieSérie do Documento Fiscal
Tamanho 3 caracteres
Número do CT-eNúmero do Documento Fiscal
Tamanho 9 caracteres
Código NuméricoCódigo Numérico que compõe a Chave de Acesso
Tamanho 9 caracteres
DígitoDígito Verificador da Chave de Acesso
Tamanho 1 carácter

 

Exemplo de como o SIGAGFE vai gerar a chave do CT-e automaticamente:

Código da UF

Ano e mês Emissão
AAMM
CNPJModeloSérieNúmero CT-eCódigo NuméricoDígito
52060433009911002506550120000007800000000000

 

É preciso informar apenas os últimos 10 caracteres e o SIGAGFE preenche com zeros 0000000000 o código numérico do CT-e e o dígito verificador.

  • Importação via EDI CONEMB - Electronic Data Interchange

No SIGAGFE no programa GFEA015 na aba Transportador deve ser configurado no campo Posição CT-e o número da coluna onde está a chave do CT-e que será enviado pela transportadora correspondente. O valor padrão dessa coluna é 675. Dessa forma se essa informação não estiver preenchida o SIGAGFE vai buscar as informações da chave do CT-e nesta posição 675. Sempre para o registro 22, conforme layout EDI CONEMB.

  • Importação via XML de CT-e

Será feita a importação do XML de CT-e buscando pela TAG _INFCTE, de onde vem a chave que será gravada no Documento de Frete.



Updated on 16/11/2022

Was this article helpful?
We appreciate your review.